Home / Destaques / PSDB e Geraldo Alckmin não dialogam com os pobres, dispara Arthur Virgílio

PSDB e Geraldo Alckmin não dialogam com os pobres, dispara Arthur Virgílio


Em entrevista à BBC, Arthur Virgílio disparou contra o PSDB e o governador de SP Geraldo Alckmin

Virgílio pretendia disputar com Alckmin em prévias a pré-candidatura do PSDB à presidência da República. Ele defendia debates em todo o país e uma plataforma digital na internet.

“Propus que viajássemos o país inteiro. E eles foram postergando, postergando, postergando, a ponto de tudo se tornar inviável. Então, eu senti que estava na hora não de desistir, mas de denunciar isso, me afastar de um processo que poderia descambar para o fraudulento”, disse o ex-senador à BBC Brasil.

O prefeito de Manaus afirmou que o governador de SP, Geraldo Alckmin, não tem capacidade de dialogar com os pobres nem desperta a confiança em seus aliados,  “a gente não percebe o traço da preocupação com o ser humano no discurso dele”,  e arrematou: “é uma pessoa que tanto não sensibiliza ninguém de verdade que o presidente Fernando Henrique Cardoso insistentemente tem proposto alternativas a ele. Duas das quais foram bola fora: o apresentador de auditório (Luciano) Huck, e o empresário Flávio Rocha (dono da Riachuelo)”.

Para Virgílio, o PSDB perdeu quatro eleições seguidas presidenciais para o PT por não se comover com a pobreza e por sua postura “paulistocentrica”,  “é um partido que se comove pouco com a pobreza, se comove pouco com a miséria, por isso não se comunica com o Nordeste, não se comunica com o Norte, não se comunica com as pessoas mais pobres do país. Por isso teve quatro derrotas nas eleições”, concluiu.

Íntegra da entrevista aqui

Veja Também

Entrevista com as candidatas à vice-presidência da República

Matéria do Independente, por Rafael Bruza  Manuela D’Ávila, vice de Fernando Haddad (PT), Ana Amélia, ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *