Home / Destaques / Cauê Macris lança pré-candidatura ao Senado

Cauê Macris lança pré-candidatura ao Senado


Aloysio Nunes Ferreira pendura as chuteiras

O senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) anunciou por meio de vídeo que não irá concorrer à reeleição ao Senado nas eleições de 2018.

Eleito em 3 de outubro de 2010 senador pelo PSDB de São Paulo, com 11. 189 168 votos (30,42% dos válidos), tornando-se o senador mais votado do país, ao superar o recorde do petista Aloizio Mercadante, estabelecido em 2002, com 10. 491 345 votos (29,9% dos válidos) e tendo ficado à frente da então petista Marta Suplicy – eleita senadora como a segunda colocada com 8. 314 027 votos (22,61% dos válidos) – , Aloysio Nunes poderia se candidatar à reeleição, mas ressaltou que disputa eleições parlamentares desde 1982 e que não irá concorrer em benefício da renovação política.

Atual ministro das Relações Exteriores, do governo Michel Temer, Nunes continuará no ministério e defende seu legado, atacando a política exterior do governo petista e do ministro Celso Amorim, “a política do PT fazia muita fumaça mas conseguia pouca coisa concreta”, disparou. O senador disse que o Brasil chamava a atenção pelo prestígio do ex-presidente Lula, mas que a política externa era muito ideológica e pouco prática. Assista no vídeo abaixo:

CAUÊ MACRIS LANÇA PRÉ-CANDIDATURA AO SENADO

Surge um candidato da região de Campinas para assumir o posto de candidato do PSDB ao Senado nas eleições deste ano. Trata-se do deputado estadual Cauê Macris, presidente da Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo. Ele postou em suas redes sociais o seguinte texto (vídeo abaixo):

“Sintonizado com o momento de mudança na sociedade, coloco o meu nome à disposição do PSDB para concorrer a uma vaga no Senado Federal. O partido vai abrir processo de inscrição para seus filiados e um nome deve ser o escolhido. Esperamos um processo democrático de escolha que deve ocorrer em breve. Mesmo sendo um político jovem, entendo que a renovação não tem relação com idade, mas com uma nova maneira de representar uma sociedade cada vez mais informada e exigente, pautada por princípios de honestidade, através de inovação e transparência. Encaro este desafio com a maturidade de quem tem experiência na vida pública, com entusiasmo e convicção de que podemos construir um futuro melhor para São Paulo e para o Brasil. Conto com o apoio daqueles que compartilham dessa ideia”.

 

Veja Também

Entrevista com as candidatas à vice-presidência da República

Matéria do Independente, por Rafael Bruza  Manuela D’Ávila, vice de Fernando Haddad (PT), Ana Amélia, ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *